Céu retrata o isolamento social na capa do single ‘Carinhoso’


Artista assina o desenho do disco que traz a gravação inédita feita para a trilha da série ‘Todas as mulheres do mundo’, disponível no Globoplay. ♪ O desenho exposto na capa do single Carinhoso – lançado por Céu na quinta-feira, 23 de abril, com gravação inédita do choro-canção composto em 1917 por Pixinguinha (1897 – 1973) e popularizado a partir de 1937 com a letra escrita posteriormente por Braguinha (1907 – 2006) – retrata o rosto da artista paulistana e foi feita pela própria Céu.
Ao lançar a gravação feita para a abertura do segundo dos 12 episódios da série Todas as mulheres do mundo, já disponível na plataforma Globopay, a cantora decidiu estampar no disco uma imagem que aludisse ao período de isolamento social.
“Desenhar é uma extensão da minha linguagem. Amo me expressar através de desenhos. E, como não sou profissional, sou menos crítica. Então me divirto bastante, é bem leve. Escolhi desenhar, pois achei mais fácil curtir o resultado de um desenho numa quarentena do que de uma foto caseira de celular… e (desenhar) também é uma atividade que tenho feito com meus filhos”, argumenta Céu.
Além da capa inusitada, o single Carinhoso (selo slap / Som Livre) merece atenção pelo charme da abordagem da música – um dos standards mais antigos do cancioneiro popular brasileiro – por Céu. O arranjo concilia a contemporaneidade típica da obra fonográfica da artista com atmosfera retrô que remete ao som dos salões da era pré-bossa nova.
Capa do single ‘Carinhoso’, de Céu
Desenho de Céu