Kanye West acusa Ariana Grande de usá-lo para promover música

Um dia depois de acusar o rapper Drake de ameaçar a sua família de morte, Kanye West voltou à carga neste sábado (15), desta vez para criticar a cantora Ariana Grande por um suposto oportunismo. Na sexta (14), enquanto Kanye  publicava em seu Twitter uma série de relatos e desabafos sobre seus desentendimentos com Drake, Ariana aproveitou o caso para promover sua nova música, em parceria com Miley Cyrus.  

“Gente, eu sei que tem dois homens adultos discutindo online, mas Miley e eu estamos lançando nossas lindas músicas novas essa noite, então se vocês pudessem, por favor, apenas se comportar por algumas horas para que as garotas possam brilhar, isso seria ótimo. Obrigado”, escreveu Ariana em seu Twitter.  Foi o que bastou para que Kanye a criticasse no dia seguinte. 

“Eu sei que Ariana disse isso para ser legal e não quis causar nenhum mal, mas eu não gosto nem do mais leve dos comentários depreciativos vindos de alguém que eu sei que me ama e me respeita”, escreveu Kanye. “Toda essa besteira pesou na minha saúde mental, então Ariana Grande, você sabe que eu te amo, mas até que você esteja pronta para ter a certeza de que todos estão bem, por favor não me use nem use esse momento para promover uma música”, publicou.

Nas últimas semanas, Kanye vem dedicando bastante atenção em seu Twitter para falar sobre saúde mental. Há alguns meses, o músico foi diagnosticado com transtorno bipolar.

Companhias têm dificuldades para regularizar voos em Guarulhos

Pelo terceiro dia consecutivo, o Aeroporto Internacional de Guarulhos registra grande número de atrasos e cancelamentos de voos. Segundo balanço divulgado pela GRU Airport, concessionária que administra o terminal, da 0h às 15h de hoje, mais de um terço das decolagens (36,7%) saiu com atrasos superiores a 30 minutos, um total de 69 partidas afetadas.

Nas chegadas, o percentual de atrasos é de 18,1%, o que significa que 36 voos excederam o horário programado. Houve ainda 20 cancelamentos de aterrizagens e 16 de partidas.

A concessionária afirma que o aeroporto está funcionando normalmente. No entanto, as companhias ainda enfrentam problemas para regularizar os voos depois das fortes chuvas de quinta-feira (13).

Latam

A empresa mais afetada é a Latam. Entre a 0h e às 15h, apenas 4 voos operados pela companhia saíram dentro do horário programado. Em 2 o atraso, entretanto foi menor do que 30 minutos. Tiveram atrasos entre uma e meia hora, 26 dos voos da companhia realizados hoje em Guarulhos, 16 ficaram até duas horas fora do horário previsto e um ultrapassou as duas horas de atraso.

Outro lado

A Latam disse hoje, por meio de nota, que teve as operações “fortemente impactadas” pela “meteorologia adversa em São Paulo”, prejudicando a sua malha área. Somente neste sábado, a empresa informou ter cancelado 54 voos. “A Latam reitera que esta é uma situação totalmente alheia à sua vontade”, enfatiza o comunicado.

A companhia vai permitir alterações ou reembolso dos bilhetes para voos e conexões programadas até as 23h59 da próxima segunda-feira (17) sem cobrança de taxas, multas ou diferenças tarifárias, a depender da disponibilidade de assentos.

A empresa afirmou que ampliou as equipes operacionais e de atendimento. Os passageiros podem conferir a situação dos voos pela página da companhia na internet ou pelos telefones 4002-5700 (nas capitais) ou 0300-570- 5700 (nas demais localidades do Brasil).

Brasília

No Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek, de acordo com balanço da assessoria de imprensa, dos 135 voos realizados na manhã de hoje (15), foram registrados 14 atrasos, nove voos foram cancelados, quatro com destino a Brasília e outros cinco saindo da capital federal. A maioria devido a problemas em São Paulo. O mau tempo em Porto Seguro e Porto Alegre também gerou atrasos na capital. 

Em nota, a assessoria diz que, com o início da alta temporada de verão, o fluxo de passageiros está maior e os impactos causados em outros aeroportos se reflem também em Brasília. O terminal brasiliense é um dos principais centros de conexão do país e o terceiro mais movimentado do Brasil, ficando atrás apenas dos terminais paulistas. 

A Inframerica, concessionária que administra o Aeroporto, recomenda que os passageiros entrem em contato com a a companhia aérea para saber sobre o status do voo. A administradora ainda lembra que é importante chegar com pelo menos 1h30 de antecedência para embarques em voos nacionais e 2h30 para voos internacionais. 

A concessionária aconselha também o uso do celular ou dos totens de autoatendimento para agilizar o procedimento de check-in, bem como estar sempre atento às bagagens de mão. Para acelerar o procedimento de raio-x, o passageiro precisa estar ciente dos objetos proibidos nas áreas de embarque e separar objetos de metal e laptops para a inspeção.