Internada após diagnóstico de trombose, Anitta divulga parceria com MC Zaac e rapper Tyga


‘Desce pro play’, single do funkeiro paulista, foi lançada na madrugada desta sexta-feira (26) e terá clipe gravado na casa da cantora. Anitta fala sobre internação
Reprodução/Instagram/anitta
“Desce pro play (papapa)”, música de MC Zaac com participação de Anitta e Tyga, foi lançada na madrugada desta sexta-feira (26). E, mesmo internada em hospital após diagnóstico de trombose, Anitta não deixou de divulgar o single.
“Vamos focar na música, amo vocês, estou muito bem, estou ótima, tô maravilhosa, não foi dessa vez”, afirmou a cantora.
“O clipe sai amanhã às 11h, clipe gravado diretamente da minha casa. E agora tenho que dormir, senão vou tomar um esporro. Vai dando play aí, que amanhã eu vou sair daqui. Só não vou sair correndo.”
Em seu Instagram, MC Zaac também divulgou a faixa e desejou melhoras para a cantora.
Zaac e Anitta já haviam trabalhado juntos em “Bola e Rebola”, que ainda tem participação de Tropkillaz e J Balvin.
MC Zaac lança “Desce pro play (papapa)”, música com participação de Anitta e Tyga,
Divulgação
Internação
Anitta foi internada na quinta-feira (25) em um hospital para o tratamento de uma trombose em uma de suas pernas. Segundo a cantora, ela deve receber alta nesta sexta-feira (26). De acordo com informações de sua assessoria, Anitta “passa bem e seu quadro é absolutamente reversível apenas com o tratamento adequado.”
“Estou no hospital, estou internada, mas estou bem, e vou ter alta amanhã. O que eu tive foi uma trombose que já começou a ser tratada. Para quem o que é trombose, sabe o perigo que é essa doença”, afirmou Anitta em vídeo publicado em seu perfil no Instagram.
“Descobrindo essa doença, entra em tratamento, a minha estava em fase inicial. Então vai ficar tudo bem comigo. Amanhã estou indo dançar nos stories, fazer lives, promover o clipe novo. Vamos ver a música aí e aproveitar e comemorar que eu estou viva. Está bom?”
“Sem vibe ruim, estou bem e está tudo certo.”
Internada após diagnóstico de trombose, Anitta divulga parceria com MC Zaac e rapper Tyga

Please enter banners and links.

Novo filme de Woody Allen abrirá o Festival de San Sebastián, que acontece em setembro


Comédia romântica do diretor gira em torno do Festival de Cinema realizado na cidade espanhola. Apesar dos temores provocados pelo coronavírus, a organização do evento segue com preparativos. Woody Allen em foto no Festival de Cannes de 2016
Valery Hache/AFP
O novo filme de Woody Allen, “Rifkin’s Festival”, vai abrir em 18 de setembro o Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, anunciaram os organizadores do evento.
O longa-metragem, produzido pela espanhola Mediapro Studio, além da Gravier Productions e Wildside, foi rodado no verão de 2019 em San Sebastián e outras localidades próximas.
O filme mostra um casal americano que comparece ao Festival de San Sebastián e se apaixona pela cidade.
Escrito e dirigido por Woody Allen, “Rifkin’s Festival” tem no elenco os espanhóis Elena Anaya e Sergi López, o francês Louis Garrel, a americana Gina Gershon e o austríaco Christoph Waltz.
Initial plugin text
O filme será exibido fora da mostra competitiva do festival, que acontecerá de 18 a 26 de setembro.
Apesar dos temores provocados pelo coronavírus, a organização do evento segue adiante com os preparativos.
Esta será a segunda vez que Allen será responsável por inaugurar o Festival de San Sebastián, depois de exibir na abertura da edição de 2004 o longa-metragem “Melinda e Melinda”. Naquele ano, ele recebeu o prêmio Donostia em reconhecimento por sua carreira.
A estreia terá um grande valor para o cineasta, que após décadas lançando um filme por ano, viu sua carreira interrompida nos últimos anos em consequência do movimento “MeToo”.
O diretor de 84 anos perdeu prestígio nos Estados Unidos pelas acusações renovadas de sua filha adotiva, Dylan Farrow, que afirma que Woody Allen abusou sexualmente dela em 1992, quando tinha 7 anos.
O diretor sempre negou a acusação. Ele não foi indiciado ou julgado em nenhum momento.
Apesar disso, o dano a sua reputação fez com que seu filme anterior, “Um Dia de Chuva em Nova York”), não fosse exibido nos Estados Unidos. O longa-metragem foi lançado em vários países europeus, assim como na Argentina e Brasil.

Please enter banners and links.