UFV vai receber R$ 2 milhões para ampliação de vagas em moradia estudantil do campus Viçosa


Os recursos para são decorrentes de multas contra a Samarco, pelo rompimento da barragem do Fundão, em 2015, em Mariana (MG). ‘Alojamento Velho’ do campus Viçosa será reformado e reaberto para estudantes
UFV/Divulgação
A Universidade Federal de Viçosa (UFV) vai receber cerca de R$ 2 milhões a ampliação de vagas para alunos em vulnerabilidade socioeconômica nas moradias estudantis. A verba será investida em uma reforma no “Alojamento Velho” do campus Viçosa, desativado desde 2018.
Os recursos para a obra virão do repasse de multas trabalhistas decorrentes de uma ação por danos morais coletivos movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em desfavor da Samarco, pelo rompimento da barragem do Fundão, em 2015, na cidade de Mariana (MG).
Após as obras, que têm previsão de conclusão em 2022, a UFV poderá oferecer aos estudantes mais 176 vagas de moradia. Elas irão se juntar às 1.114 atualmente ofertadas nos outros cinco espaços do campus: “Feminino”, “Novo”, “Novíssimo”, “Pós” e “Posinho”.
O “Alojamento Velho”, que será reativado com as obras, foi inaugurado como moradia em 1928, dois anos após a criação da UFV.
A confirmação do repasse já foi publicada no Diário Oficial, como “extrato de convênio”, pela Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) da 3ª Região. A negociação envolveu diversas representações atuantes na jurisdição da Vara do Trabalho de Ouro Preto.

Please enter banners and links.

Salão de Detroit é adiado de junho para setembro de 2021


É a terceira vez que o evento muda de data. Edição de 2020, que aconteceria em junho, foi cancelada pelo coronavírua. Salão de Detroit de 2017
Bill Pugliano/AFP
Após ter a edição de 2020 cancelada pela pandemia do coronavírus, o Salão de Detroit foi remarcado mais uma vez. Nesta segunda-feira (21), a organização do evento afirmou que a feira será realizada entre 28 de setembro e 9 de outubro de 2021.
A mudança vale não apenas para 2021, mas também nos três anos seguintes.
“Setembro é uma excelente época do ano para novos produtos e, ao mesmo tempo, alivia os desafios que um calendário de feiras de automóveis de primavera agora lotado apresenta para os interessados ​​em feiras de automóveis”, afirmou, em nota Rod Albert, diretor executivo do Salão de Detroit.
Apesar da mudança de data, a organização do Salão de Detroit afirma que o evento seguirá a mesma tendência de ser mais interativo, permitindo atividades também fora do pavilhão de exposições.
Isso era praticamente impossível de se fazer em janeiro, quando o inverno rigoroso deixa as temperaturas, em média, entre -7°C e -1°C.
Imagem de janeiro de 2014 mostra neve acumulada em avenida de Detroit
Joshua Lott/Getty Images/AFP
Sucessivas mudanças
Esta é a terceira vez que o Naias (sigla para Noth American International Auto Show) muda de data. Em 2018, a organização anunciou que o evento deixaria de acontecer em janeiro para ser realizado em junho, no verão americano.
A justificativa, na época, era “fugir” do rigoroso inverno Detroit, mas também não competir diretamente com a CES, maior feira de tecnologia do mundo, e que, nos últimos anos, tem se tornado uma importante vitrine para as fabricantes de automóveis.
Salão de Detroit será realizado em junho a partir de 2020
Divulgação
Agora, com a nova mudança, de junho para setembro, o Salão de Detroit ficará perigosamente próximo de outro evento que tenta se reinventar: o IAA, mais conhecido como Salão de Frankfurt, que, a partir do ano que vem, será realizado em Munique entre os dias 7 e 12 de setembro.
Depois de anunciar a mudança de cidade, o Salão de Munique também promete ser uma mostra mais interativa para o público.
Sobre isso, o diretor do Salão de Detroit disse que a data foi pensada exatamente para não coincidir com o evento europeu.
“Espalhar grandes feiras de automóveis é uma vitória para todos, principalmente para os nossos parceiros. Isso dá às empresas automotivas a oportunidade de dar o melhor de si em cada feira, o que cria empolgação para aqueles que comparecem também ”, disse.
VÍDEOS: os destaques do último Salão de São Paulo

Please enter banners and links.