150 ativistas do clima são detidos durante protesto em Salão do Automóvel de Bruxelas


O grupo pacifista, Extinction Rebellion, que faz ações para alertar sobre o aquecimento global, convocou seus seguidores pela internet. Cerca de 150 pessoas foram detidas após uma ação em que os ativistas se deitaram no chão para bloquear a passagem no salão do automóvel
François Walschaerts / AFP
O grupo ativista climático Extinction Rebellion (XR) organizou uma série de ações para denunciar a poluição e o aquecimento global durante o Salão do Automóvel em Bruxelas neste sábado (18).
Fontes de energia renováveis na Suécia são exemplo para o Brasil
Energia limpa, reciclagem e multas: como 5 países fazem a diferença contra o aquecimento global
Cerca de 150 pessoas foram detidas após uma ação em que os ativistas se deitaram no chão para bloquear a passagem no salão, informou a polícia belga.
O grupo pacifista, que faz ações para alertar sobre o aquecimento global, convocou seus seguidores pela internet a participarem de uma atividade neste sábado no que chamou de “Salão das Mentiras”.
O objetivo era bloquear a exposição de lançamentos automobilísticos e de difundir mensagens sobre o papel da indústria do automóvel no colapso climático, informou o grupo em um comunicado publicado nas redes sociais.
150 manifestantes são detidos na Bélgica
François Walscherts/ AFP
Na entrada principal do salão, o grupo instalou um cartaz pedindo o fim das ” emissões de CO2″. De acordo com as instruções do movimento, os ativistas dispersaram as ações realizadas por pequenos grupos em vários pontos diferentes da feira. Alguns ativistas acorrentaram-se ao volante de carros em exposição, outros veículos foram etiquetados ou pulverizados com cor de sangue.
No estande da gigante petrolífera Shell, um ativista com o torso nu pintado com tinta cor de sangue expunha sobre o corpo a inscrição “Shell mata”, enquanto outros ativistas mascarados distribuíam panfletos aos visitantes.
“Nós o chamamos de ‘Salão das Mentiras’ porque não acreditamos mais na indústria automotiva para fornecer soluções para esta crise ecológica e climática. Ela já mentiu no passado, continua a mentir e continuará mentindo para nós”, disse uma das porta-vozes da XR identificada como Sarah.
Apesar do sucesso das ações, a polícia conseguiu deter alguns dos organizadores do protesto antes mesmo de entrarem ao salão. Segundo os policiais no local, os manifestantes detidos seriam identificados e depois liberados.
Consumo de energia renovável é prioridade em Santa Catarina

Please enter banners and links.

Veja dicas para economizar combustível no Guia Prático do G1


Aprenda a calcular a média de quilômetros por litro e saiba se você pratica maus hábitos do motorista que fazem o veículo ‘beber’ mais. Veículo sendo abastecido em posto de combustível em Ribeirão Preto, SP
Fábio Junior/EPTV
O Guia Prático, série do G1 com mais de 130 vídeos sobre carros e motos, tem entre seus temas dicas sobre consumo de combustível.
Veja abaixo que maus hábitos ao volante podem fazer o carro “beber” mais, como calcular o consumo do seu veículo e quais as diferenças entre gasolina aditivada, premium e comum, entre outras reportagens.
VÍDEO: veja hábitos que fazem o consumo aumentar
Veja hábitos que aumentam o consumo de combustível
Aceleradas – evite aceleradas bruscas e desnecessárias. Elas afetam muito a média de consumo.
Vidros – andar com a janela aberta interfere na aerodinâmica e no consumo, principalmente a mais de 80 km/h.
Combustível – gasolina ou etanol “batizados” interferem na média porque a leitura do sistema de injeção eletrônica é afetada pela composição errada.
Na banguela? – aquele costume de deixar o carro em ponto morto em descidas é coisa do passado. O veículo engrenado gasta menos porque a injeção corta o combustível.
No trânsito – próximo aos semáforos, por exemplo, diminua a velocidade se estiver vermelho. Evite o “zigue-zague” e acelerar sem necessidade.
Velas – se ela está ruim, a queima do combustível fica irregular, o que reflete diretamente no aumento do combustível injetado.
Filtros – precisam ser trocados nas datas previstas no manual, sem desculpas. Em caso de entupimento, eles interferem diretamente na mistura de ar e combustível na câmara de combustão.
Rodas – o alinhamento é fundamental para a aerodinâmica. Se o veículo está fora de geometria, as rodas serão arrastadas, em vez de somente girar.
Pneus – a calibragem influencia diretamente no consumo e deve ser feita no máximo a cada 15 dias.
Peso – quanto mais pesado, mas o veículo consome. Então retire o “armário” do porta-malas.
Troca de marcha – uso do câmbio deve ser suave, sem necessidade de “esticar” a marcha. Andar com uma marcha alta em baixa velocidade também aumenta o consumo.Velocidade – outra atitude eficiente é não andar em altas velocidades. Um carro consome cerca de 20% a mais quando está a 100 km/h do que quando está a 80 km/h.
Rotina – Se o trajeto for curto, deixe o carro em casa. Um pouco de exercício não faz mal a ninguém.
Leia mais sobre o que faz o consumo aumentar no ‘Oficina do G1’
Aprenda a calcular o consumo do seu carro
Guia Prático #74: Aprenda a calcular o consumo de seu carro
Não é complicado, mas requer seguir algumas regrinhas (veja no vídeo acima), como rodar um mínimo de 200 km, para ter uma boa média.
Calcule: álcool ou gasolina, qual vale mais a pena?
Se você mantiver um histórico do consumo, poderá identificar quando é a hora certa de fazer a manutenção e se o combustível que está no seu carro pode ter sido “batizado”.
‘Tanquinho’ de gasolina: veja como cuidar dele
Veja dicas para abastecer carro flex
Amigo do frio – o tanquinho só é acionado se a temperatura ambiente for menor do que 18 graus.
Encher ou não? – se você mora em um local onde costuma fazer frio, deixe meio litro de gasolina nele sempre. Prefira usar gasolina aditivada ou premium, que dura mais.
E se não tem tanquinho – modelos mais modernos de motor flex dispensam o ‘tanquinho’. Eles usam o aquecimento do etanol na entrada do bico injetor.
Gasolina premium, aditivada ou comum?
Veja dicas sobre combustíveis e abastecimento
Em um primeiro momento, a gasolina aditivada não influencia no consumo. A função dela é manter a limpeza e preservar o motor, por meio de aditivos que ela contém.
A gasolina premium também tem aditivos, e possui octanagem maior. Esta é a medida de resistência da gasolina à queima espontânea que ocorre dentro da câmara de combustão. Na prática, ela permite uma combustão mais rápida e maior do produto, mas o efeito só é perceptível para carros mais potentes, como os esportivos.
Injeção direta: entenda por que ajuda a economizar
Guia Prático #133: entenda como funciona a injeção direta de combustível
Motor tradicional + elétrico: como é o carro híbrido
Guia Prático #125: Sabe o que são carros híbridos? Entenda
Oficina do G1: andar com vidro aberto economiza?
Oficina do G1: andar com vidro aberto economiza combustível?
Nem sempre! O especialista em mecânica Denis Marum explica que, na estrada, em alta velocidade, é preciso considerar que o vidro aberto afeta a aerodinâmica do carro. Leia mais
Preços em alta:
Preço do etanol atinge recorde, com aumento de consumo
Alta do dólar influencia no preço dos combustíveis e pesa no bolso dos brasileiros

Please enter banners and links.