Após 14 anos, Bola deixa o elenco do “Pânico”

Marcos Chiesa – também conhecido como Bola – anunciou sua saída do “Pânico”, nesta segunda-feira (5). Pelo Instagram, o famoso se despediu dos colegas e avisou que já tem alguns planos para o futuro.

“O negócio é o seguinte: eu passei aqui para avisar que após 25 anos de rádio Jovem Pan e 14 anos de ‘Pânico’, eu saí, tá?! E em breve acho que coisas boas virão. Queria agradecer a todos com quem trabalhei. E novidades virão”, disse o comediante através de um vídeo.

Na legenda, o veterano fez um pedido aos fãs: “Continuem me acompanhando por aqui que já,   já teremos novidades”.

Vale lembrar que, desde dezembro de 2017, o humorístico de Emílio Surita deixou a grade de programação da Band. No entanto, a atração segue na Rádio Jovem Pan e idealiza migrar alguns dos quadros para o YouTube.

Jeff Bezos ocupa a 1ª posição do ranking de bilionários FORBES pela primeira vez

O centibilionário Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon, ocupa a 1ª posição do ranking FORBES de maiores bilionários do mundo pela primeira vez. Bezos tem uma fortuna de US$ 112 bilhões, US$ 39,2 bilhões a mais do que em 2017 – o maior ganho em um ano de todos os tempos.

Bill Gates, que foi a pessoa mais rica do mundo em 18 dos últimos 24 anos, caiu para a 2ª posição. O cofundador da Microsoft acumula um patrimônio de US$ 90 bilhões, mais do que os US$ 86 bilhões do ano passado. Essa é a maior diferença (em dólares) entre as duas primeiras posições da lista de bilionários desde 2001.

Em janeiro deste ano, Bezos se tornou a pessoa mais rica da história depois que sua fortuna cresceu US$ 2,8 bilhões em apenas 24 horas, quando as ações da Amazon subiram 2,5% – dia seguinte ao lançamento de sua primeira loja sem caixa (23), ação que gerou muito burburinho na indústria.

A fortuna nominal de 12 dígitos de Bezos faz dele a pessoa mais rica desde que FORBES começou a monitorar os patrimônios em 1982. Se considerada a inflação, Bill Gates foi o mais rico em 1999, quando superou, por um breve período de tempo, os US$ 100 bilhões (algo que hoje valeria quase US$ 150 bilhões).

A maior parte da riqueza de Bezos vem de sua participação de 16% na Amazon. Ele também é proprietário do jornal “Washington Post” e fundador da startup de foguetes Blue Origin.

A lista de bilionários foi compilada tendo como base as riquezas de 9 de fevereiro de 2018, dia em que FORBES reuniu os preços de ações e taxas de câmbio do mundo todo. O ranking lista indivíduos em vez de famílias multigeracionais que dividem fortunas enormes. Em alguns casos, irmãos e casais são listados juntos se a divisão da propriedade entre eles não for clara, mas eles ainda precisam valer US$ 1 bilhão cada um para entrar na lista.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).