Bombeiros resgatam cadela que ficou presa em fresta de casa no Sul de SC


Após o trabalho minucioso e esforço dos bombeiros para a retirada do animal, Mia da raça Basset, foi retirada sem ferimentos. Rosa junto com a cadela Mia resgata pelos bombeiros de Tubarão
Corpo de Bombeiros/ Divulgação
O Corpo de Bombeiros resgatou uma cadela que ficou presa em uma fresta entre o solo e a estrutura do piso do assoalho de uma casa no bairro Recife, em Tubarão, no Sul catarinense. Após o trabalho minucioso e esforço dos bombeiros para a retirada do animal, a cadela Mia, da raça Basset, não ficou machucada e já voltou a brincar com os outros animais da casa nesta quinta-feira (2).
A aposentada Rosa Cardoso, de 61 anos, estava em casa quando notou a falta do animal na tarde de terça-feira (31). “Procurei na rua, telefonei para meu marido e filhos, mas não a encontrei. Depois, ao chamar pelo nome dela, escutei o choro. Foi quando percebi que a Mia estava presa embaixo da casa”, lembra.
Bombeiros resgataram a cadela que ficou presa em uma fresta da casa
Bombeiros/ Divulgação
Inicialmente, a tutora tentou resgatar o animal, mas não conseguiu. “Ela deve ter ficado presa por mais de quatro horas. Pedi ajuda para os bombeiros e só com equipamentos específicos eles conseguiram retirar minha cachorrinha”, explicou.
Segundo os bombeiros, o animal cavou um pequeno espaço no chão e foi para debaixo da casa, entretanto, a fresta não era suficiente para ele sair por conta própria. Foi necessário utilizar equipamentos de prevenção para não ferir o animal e retirar o cão com segurança.
Corpo de Bombeiros resgatou a cadela que não sofreu nenhum ferimento
Bombeiros/ Divulgação
A cadela Mia foi adotada pela tutora há um ano. Ela estava abandonada na rua quando Rosa a encontrou. Desde então, Rosa afirmou que esse foi o maior susto que ocorreu junto com a família, que também tem outros dois cães.
“Ela brinca muito e foi uma felicidade enorme quando os bombeiros conseguiram retirar ela lá debaixo. Eles foram fundamentais, sem a ajuda deles a Mia teria morrido”, disse.
Rosa explica que a área será fechada para evitar outros acidentes.
Veja mais notícias do estado no G1 SC.

Justiça determina suspensão de concurso da Polícia Militar de Sergipe

Decisão atende a pedido de dois candidatos. No início da tarde desta quinta-feira (2) o juiz da 1ª Vara Criminal, do mucipío de São Cristóvão (SE), Manuel Costa Neto concedeu liminar suspendendo o concurso da Polícia Militar de Sergipe. A decisão atendeu a um pedido de dois candidatos.
O juiz afirma que a integridade do certame foi afetada após a prisão de dois homens que tentaram fraudar o exame. E só pode ser restaurada com a realização de uma nova prova com a devida fiscalização. Em caso de descumprimento, a multa é de R$ 100 mil. A decisão prevê ainda a suspensão das próximas etapas do concurso.
O governo do estado ainda não se pronunciou sobre o assunto.