Casal é detido após espancar e matar filha de 5 anos

Phelipe Douglas Alves, 25 anos, e Débora Rolim da Silva, 24 anos, foram detidos no último sábado (3) por suspeita de terem espancado e matado a filha Emanuelly Aghata da Silva, 5 anos, em Itapetininga (SP).

A menina morreu no Hospital Regional de Sorocaba, no interior de São Paulo, devido à gravidade dos ferimentos em que apresentava no corpo.

De acordo com a Polícia Civil, Emanuelly foi encaminhada à unidade de saúde depois que os pais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel (Samu) durante a noite de sexta-feira (2) afirmando que a filha estava convulsionando devido a uma queda da cama. Ao chegar na residência, a equipe médica verificou hematomas no corpo da criança e acionou os agentes policiais.

Emanuelly foi, então, direcionada ao pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos. Após a confirmação da morte da menina, os pais foram encaminhados à delegacia da cidade, onde aguardaram em custódia a audiência em que o juiz determinou a prisão preventiva dos dois até o julgamento do caso – sem data definida, segundo informações do G1.

Até o julgamento, Débora deve permanecer na Penitenciária Feminina de Votorantim e Phelipe no Presídio II de Itapetiniga.