Casal de lontra viaja 8.000 Km para ajudar na conservação da espécie

Um casal de lontras marinhas do Alasca, nos EUA, vai viajar mais de 8.000 quilômetros para ajudar na conservação da espécie que está na lista de animais extintos da IUCN, União Internacional para a Conservação da Natureza

As lontras vão sair dos EUA em direção ao Reino Unido, onde serão recebidas pelo National Sea Life Centre Birmingham

O centro levou dois anos e meio para obter permissão para transferir os mamíferos marinhos de uma país para outro

Assim que chegarem ao Reino Unido, o casal de lontras ficará em quarentena até ser liberado para ocupar o viveiro montado especialmente pare eles

O centro diz que a instalação replicará seu habitat natural na natureza e dará a eles um santuário seguro pelo resto de suas vidas

As lontras marinhas do Alasca foram caçadas até a quase extinção por suas peles grossas. O número de exemplares cresceu nos últimos anos, ainda existe a ameaça da espécie desaparecer da natureza