Bugatti La Voiture Noire, de R$ 47 milhões, é o carro novo mais caro de todos os tempos


Hiperesportivo de 1.500 cavalos de potência teve apenas uma unidade fabricada – e que já foi vendida. O nome do comprador, porém, permanece em segredo. Inspiração veio do Type 57 SC Atlantic, de 1936. Bugatti La Voiture Noire
Divulgação/Bugatti
A Bugatti abre o Salão de Genebra com o carro mais caro de todos os tempos: o La Voiture Noire, de 1.500 cavalos de potência, com apenas uma unidade fabricada (o chamado one-off) e já vendida. O preço? “Apenas” 11 milhões de euros, ou R$ 47 milhões.
O hiperesportivo é inspirado no Type 57 SC Atlantic de 1936, clássico concebido por Jean Bugatti, filho de Ettore Bugatti, criador da marca, e com registro de apenas dois exemplares no mundo.
Bugatti La Voiture Noire e Type 57 SC Atlantic
Divulgação/Bugatti
No desenho, o La Voiture Noire remete ao “avô” com suas curvas bem demarcadas nos para-lamas, além do vinco que percorre o centro da carroceria, começando pelo capô, invadindo o para-brisa e terminando na traseira.
Outra clara referência é a ausência de uma janela na traseira, que “ostenta” uma lanterna inteiriça de um lado a outro e nada menos do que 6 saídas de escape. Não foram divulgadas imagens do interior, nem o nome do comprador do bólido.
A mecânica já é conhecida, a mesma do Bugatti Divo. O motor W16 8.0 entrega 1.500 cavalos de potência e 163,2 kgfm de torque.
Bugatti La Voiture Noire
Divulgação/Bugatti
Bugatti La Voiture Noir e Type 57 SC Atlantic
Divulgação/Bugatti