Brit Awards adota categorias de gênero neutro para 2022


Maior premiação de música do Reino Unido não vai ter mais categorias femininas e masculinas separadas nos prêmios de artista do ano e artista internacional a partir de 2022. Público durante o Brit Awards 2021
Ian West/PA via AP
O Brit Awards, a maior premiação de música do Reino Unido, descartará as categorias feminina e masculina a partir do próximo ano, concedendo prêmios de gênero neutro para artistas locais e internacionais, informaram os organizadores nesta segunda-feira.
Agora os músicos concorrerão a artista do ano ou artista internacional do ano na cerimônia anual, que acontecerá em 8 de fevereiro de 2022.
“É importante que o Brits continue a evoluir e vise ser tão inclusivo quanto possível”, disse o novo presidente da premiação e copresidente da Polydor Records, Tom March, em um comunicado.
“Parece ser o momento certo para comemorar as conquistas de artistas para a música que criam, e o trabalho que fazem, independentemente do gênero”.
O Brit segue os passos de outras premiações ou eventos que descartaram as classificações de gênero.
Em setembro, o Festival de Cinema de San Sebastián entregou seu primeiro prêmio de gênero neutro, o de melhor atuação, para as vencedoras conjuntas Jessica Chastain e Flora Ofelia Hofmann Lindahl.
O Brit do ano que vem, a 42ª edição da premiação, também ampliará as nomeações para artistas convidados na categoria cobiçada de canção do ano. Até hoje, só artistas principais ou colaboradores indicados eram reconhecidos como concorrentes ao prêmio.
Quatro prêmios serão acrescentados para ilustrar a variedade de estilos, alternativo/rock, hip-hop/grime/rap, dance e pop/R’n’B, todos escolhidos pelo público.