Brexit faz 48 empresas financeiras pedirem mudança para Alemanha


Há temores em relação a impactos sobre a economia britânica. Primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, e presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, conversam sobre Brexit no Egito
Francisco Seco/Pool via Reuters
Autoridades alemãs receberam 48 pedidos nos últimos meses de empresas financeiras que pretendem se mudar para a Alemanha após a decisão do Reino Unido de deixar a União Européia, disse uma autoridade nesta quinta-feira (7).
Entenda a polêmica sobre o Brexit em 11 perguntas
Elisabeth Roegele, diretora executiva da agência alemã de defesa do mercado financeiro Bafin, disse que mais pedidos ainda podem vir.
“Ainda há empresas que só agora estão lidando com a questão”, acrescentou ela.
Especialmente com a possibilidade de uma saída ‘dura’ da União Europeia, ou seja, sem acordo, há temores sobre os impactos para o crescimento econômico e o mercado financeiro britânicos.