Ben Cross, de ‘Carruagens de fogo’, morre aos 72 anos


O agente do ator informou à agencia AFP que ‘Ben faleceu repentinamente hoje após uma curta doença’. Ben Cross durante evento em Londres, em julho de 2012
Jon Furniss/Invision/AP-Arquivo
O ator britânico Ben Cross, mais conhecido por seu papel principal no drama esportivo vencedor do Oscar de 1981, “Carruagens de fogo”, morreu nesta terça-feira (18) aos 72 anos.
Cross, que retratou a batalha do velocista judeu Harold Abrahams para superar o antissemitismo e o triunfo nas Olimpíadas de 1924, também era conhecido pelos fãs mais jovens como o pai de Spock na reinicialização de “Star Trek” em 2009.
“Ben faleceu repentinamente hoje após uma curta doença”, informou o agente de Cross em Los Angeles à AFP.
Ele estava morando em Viena no momento de sua morte.
Cross, um veterano ator de teatro nascido em Londres, fez sua estreia no cinema ao lado de Sean Connery e Michael Caine no épico de Richard Attenborough sobre a Segunda Guerra Mundial de 1977, “Uma ponte longe demais”.
Depois de uma virada de sucesso na estreia do musical “Chicago” no West End de Londres, ele foi escalado para “Carruagens”, juntamente com Ian Holm e John Gielgud.
O filme ganharia quatro Oscars, incluindo melhor filme – e melhor trilha sonora original por seu tema icônico – embora o próprio Cross não tenha sido indicado.
Ele continuou trabalhando em teatro, cinema e TV até o fim de sua vida, interpretando Sarek em “Star Trek” de JJ Abrams.
Cross tinha acabado de filmar o thriller “The Devil’s Light” e será visto no drama romântico da Netflix “Last Letter From Your Lover” no final deste ano.
Ele deixa dois filhos, Theo e Lauren.