BC anuncia leilão de US$ 1 bilhão após dólar atingir maior cotação em quase 6 meses

Banco Central geralmente faz leilões de linha de dólar quando identifica demanda não suprida por moeda. O Banco Central anunciou nesta quarta-feira (27) que realizará na quinta-feira leilão de até US$ 1 bilhão em operação de venda de moeda com compromisso de recompra, buscando colocar dinheiro novo no mercado e amenizar a pressão no dólar, depois de a divisa norte-americana ter se aproximado de R$ 4 nesta sessão.
A operação envolve colocação líquida de dólares. Na véspera, o BC havia anunciado oferta de US$ 3 bilhões na mesma modalidade de leilão, mas que no caso era de rolagem.
As propostas serão acolhidas entre 12h15 e 12h20. A colocação dos dólares será liquidada em 1º de abril de 2019, à taxa Ptax de venda das 12h de quinta-feira.
Os recursos deverão ser devolvidos aos Banco Central em 2 de julho de 2019.
O Banco Central geralmente faz leilões de linha de dólar quando identifica demanda não suprida por moeda. Sinal disso, a taxa do cupom cambial (juro em dólar) bateu recentemente o maior patamar em quase dois meses.
O estoque atual de linhas é de US$ 7,925 bilhões.
Swap cambial
O Banco Central anunciou também na noite desta quarta-feira que realizará na quinta-feira leilão de rolagem de swaps cambiais tradicionais que, por ora, vencem no começo de abril. Com a oferta de quinta-feira, a autoridade monetária deverá concluir a rolagem integral dos US$ 12,321 bilhões em swaps que perdem a validade a partir de 1º de abril.
O BC ofertará até 14,430 mil contratos de swap cambial tradicional – cuja venda equivale à injeção de dólar no mercado futuro de câmbio.
A oferta será distribuída entre os vencimentos 2 de maio de 2019, 1º de agosto de 2019 e 3 de fevereiro de 2020. As propostas serão acolhidas entre 11h30 e 11h40, com o resultando sendo divulgado a partir das 11h50.
Até o momento, o BC já renovou US$ 11,6 bilhões em swaps cambiais que, inicialmente, expirariam no próximo dia 1º de abril. O lote a vencer no começo do mês que vem soma US$ 12,321 bilhões.