Banda Scars revela capa e músicas de álbum sobre a destruição do mundo


Grupo paulistano de thrash metal lança o disco ‘Predatory’ em agosto através de selo norte-americano. ♪ Entre recessos e retornos, a banda paulistana de thrash metal Scars atua de forma espaçada na cena metaleira há quase 30 anos, tendo sido formada em 1991 na zona leste da cidade de São Paulo (SP). De volta às atividades em outubro de 2018, após dissolução em 2008 que manteve o grupo fora do ar por uma década, Scars anuncia o lançamento do segundo álbum de estúdio, Predatory, programado para 7 de agosto.
O contrato assinado pelo quinteto com o selo norte-americano Brutal Records garante distribuição mundial para o álbum Predatory através da parceria do selo com a Sony Music.
Com capa assinada pelo ilustrador e design gráfico paulistano Luís Dourado, o álbum Predatory apresenta nove músicas inéditas em que a Scars versa sobre assuntos como a matança de animais, a destruição do mundo e a natureza predatória do ser humano. O primeiro single é a música-título Predatory e tem edição agendada para 28 de maio.
Às nove músicas inéditas do álbum, o quinteto – formado por pelo vocalista fundador Régis F. com Alex Zeraib (guitarra), Thiago Oliveira (guitarra solo), Marcelo Mitché (baixo) e João Gobo (bateria) – adicionou ao repertório como faixas-bônus os dois singles, Armageddon e Silent force, lançados em 2019 após a nova volta da Scars à cena. Assim como esses dois singles, o álbum Predatory foi produzido por Wagner Meirinho.
♪ Eis, na disposição do disco, as onze músicas que compõem o repertório autoral de Predatory, primeiro álbum da banda Scars desde Devilgod alliance (2008), disco lançado há 12 anos na encarnação anterior do grupo paulistano de thrash metal:
1. Predatory
2. These bloody days
3. Ancient power
4. Sad darkness of the soul
5. The unsung requiem (instrumental)
6. Ghostly shadows
7. The 72 faces of God
8. Beyond the valley of despair
9. Violent show
10. Armageddon – faixa-bônus
11. Silent force – faixa-bônus