Astronauta Christina Koch baterá recorde de permanência no espaço

Christina Koch baterá o recorde feminino de permanência no espaço

Christina Koch baterá o recorde feminino de permanência no espaço
Reprodução Twitter/ @Astro_Christina

A Nasa, agência espacial norte-americana, anunciou nesta quarta-feira (17) que estendeu a permanência na Estação Espacial Internacional da astronauta Christina Koch até fevereiro de 2020.

Cristina foi integrada à tripulação que está na órbita da Terra em março deste ano e completará 328 dias no espaço. Assim, ela irá superar o recorde de 288 dias consecutivos no espaço de Peggy Whitson.

Peggy é a detentora de diversos recordes da Nasa, como o de maior tempo total no espaço entre as mulheres. Somando as três vezes que a astronauta cruzou a atmosfera, são 655 dias. Ela também foi a primeira astronauta mulher a comandar a Estação Espacial.

O recorde que será batido por Koch não ficará tão distante da marca estabelecida entre os astronautas homens da Nasa. Scott Kelly é o atual detentor do recorde com 340 dias no espaço. O recorde mundial é de 437 dias e pertence ao cosmonauta russo Valeri Poliakov.

O tempo extra de permanência de Koch ajudará os cientistas a coletar dados sobre os efeitos no corpo humano de longos períodos no espaço. Esses estudos são considerados essenciais para apoiar futuras missões para a Lua e até para Marte.

Leia também:

Nasa usa ratos para estudar quais serão os impactos da vida no espaço