Assessor de MC Kevin relata ameaças nas redes sociais: ‘Estão achando que o Jhonatas que estava no quarto era eu’


Jonathas Groscove diz que desde que os depoimentos dos envolvidos no incidente que resultou na morte do funkeiro foram divulgados, ele está sendo perseguido. Kevin e Jonathas: assessor está recebendo ameaças após a morte do funkeiro
Reprodução/redes sociais
Em meio às investigações da morte do MC Kevin, que caiu do quarto de um hotel no Rio de Janeiro no domingo (16), o assessor dele, Jonathas Groscove, de 26 anos, passou a ser alvo de ameaças nas redes sociais.
É que o nome dele está sendo confundido com um dos envolvidos na morte do funkeiro, Jhonatas Cruz, que teve seu depoimento na polícia revelado na terça-feira (18).
“Tem muita mensagem agressiva, até ameaça de morte. Horrível. Não é todo mundo que vai procurar quem é quem. Estão achando que o Jhonatas da história sou, sendo que nem no Rio eu estava, estava em São Paulo”, diz ele que conhecia Kevin desde 2015 e começou a trabalhar na parte de assessoria de imprensa e marketing do funkeiro este ano.
Mensagem de Jonathas Groscove se explicando e algumas das mensagens que recebeu
Reprodução/Redes sociais
Mensagem de Jonathas Groscove se explicando e algumas das mensagens que recebeu
Reprodução/Redes sociais
Além do medo de ser agredido na rua, Jonathas, o assessor, diz que não está conseguido viver o luto pela perda do amigo por causa da preocupação com as ameaças.
“Está sendo muito complicado tudo. Muito difícil. Está todo mundo muito abalado e ainda têm essas ameaças”, diz ele que nesta quarta-feira (19) pediu para a mãe de Kevin, Valquíria Nascimento, gravar uma mensagem negando que ele fosse o amigo de Kevin que estava no quarto do qual o funkeiro caiu.
Mensagem de Jonathas Groscove com a mãe de Kevin
Versões diferentes para a presença de Jhonatas no quarto
Quem teve seu depoimento divulgado pela polícia foi Jhonatas Cruz. Ele era um dos amigos que acompanhava Kevin, no momento em que ele conheceu a modelo Bianca Domingues, na Praia da Barra, e estava no quarto tentando manter relações sexuais com ela – o que não aconteceu.
Em seu depoimento à polícia, Jhonatas diz que, depois de ser expulso por Kevin do quarto, ele voltou ao quiosque da praia voltando ao hotel só depois que soube do acidente dom o funkeiro.
Já no depoimento de Bianca Domingues, Jhonatas ainda teria ficado pelo hotel e teria batido na porta dizendo que estava aparecendo gente.
Trecho do depoimento de Bianca Domingues à polícia em que Jhonatas teria avisado que ‘estava vindo gente’
Reprodução/Reprodução
Momentos que antecederam a queda de MC Kevin, de acordo com depoimento da testemunha
Infográfico: Guilherme Luiz Pinheiro e Daniel Ivanaskas/G1
Investigação
VÍDEO: Mulher que estava com MC Kevin contou que funkeiro pulou para fugir da esposa
Até agora, oito pessoas foram ouvidas pela polícia. Em outra linha de investigação, Kevin teria tentado mergulhar na piscina pulando da varanda.
A causa da morte do funkeiro foi traumatismo craniano. O laudo do IML diz que a morte foi causada por hemorragia subaracnóidea (no espaço entre o cérebro e o tecido que cobre o cérebro) e traumatismo crânio encefálico.
O documento também indica que os ferimentos foram causados por “ação contundente”, o que indica que o corpo sofreu algum choque.
O corpo de Kevin foi enterrado nesta terça-feira (18), no Cemitério Parque dos Pinheiros, na Zona Norte de São Paulo.
Última apresentação do funkeiro não tinha autorização
Veja o que se sabe sobre a morte
Exame toxicológico
A Polícia Civil pediu exame toxicológico no corpo de MC Kevin, de 23 anos. A informação foi confirmada pela polícia e pode esclarecer se o funkeiro fez uso de drogas ou não antes do acidente.
Na segunda-feira (17), a polícia tomou um novo depoimento de amigos e da mulher de Kevin, Deolane Bezerra. Eles estavam no mesmo hotel de Kevin.
VÍDEO: O que se sabe sobre a morte de MC Kevin
MC Kevin morava em Mogi das Cruzes (SP), mas estava no Rio porque tinha feito um show em uma boate em Vila Valqueire, na Zona Oeste, no sábado (15).
O evento era clandestino, segundo a Prefeitura do Rio.
MC Kevin cantou a superação e encantou a ‘quebrada’; conheça principais sucessos
REPERCUSSÃO: MC Brinquedo, Jojo Todynho e outros artistas lamentam a morte
FOTOS: veja imagens do artista
Até este domingo, pouco antes da morte, o artista tinha 8,6 milhões de seguidores no Instagram. Na madrugada de sábado (16) para domingo, ele postou um vídeo em seus stories:
“E aí, família, suave, como que vocês estão? Estou aqui na Barra, partiu show”, disse o cantor.
Após a notícia da morte, Deolane fez uma postagem em homenagem ao marido.
“Você é e sempre será o amor da minha vida o amor mais lindo que tive, o homem que mais me amou e me admirou ! Vai com Deus meu menino eu sempre vou te amar !!! ”
Mulher do MC Kevin fez postagem no Instagram após a notícia da morte
Reprodução
Deolane Bezerra, também postou nas redes sociais uma foto do show do MC na madrugada deste domingo (16) no Rio
Reprodução/Redes Sociais
Uma das últimas postagens de MC Kevin nos stories do Instagram
Reprodução
Músicas de sucesso
O artista já lançou músicas com artistas como MC Guimê e Igu, além de diversas outras canções desde seu primeiro lançamento, em 2013. Kevin nasceu na Vila Ede, na Zona Norte de São Paulo.
Conhecido por sucessos como “Cavalo de Troia” e “O menino encantou a quebrada”, Kevin tem registrados quase 1,8 milhão de ouvintes mensais no Spotify. (Veja dez hits do artista mais abaixo).
O funkeiro MC Kevin, seguido por mais de 7,5 milhões de seguidores no Instagram.
Reprodução/Redes Sociais
Em 2021, lançou o álbum Fênix. Durante a carreira, fez participações em faixas de diversos artistas, como MC Ryan SP, MC Don Juan, Mc Hariel, Salvador da Rima, NOG e MC Davi.
Um dos maiores sucessos com a voz de MC Kevin é “Vergonha pra Mídia”, parceria com outros MC da nova geração do funk consciente de SP, com uma letra combativa sobre a vida na favela.
O funkeiro também se envolveu em algumas polêmicas nos últimos anos. Neste ano, quatro policiais militares se sentiram ofendidos após publicações do cantor em redes sociais.
Em maio do ano passado, o músico foi alvo de uma denúncia de moradores do condomínio onde mora, em Mogi das Cruzes, por ter quebrado o isolamento social de prevenção ao coronavírus.
Em junho de 2019, o músico foi preso em um hotel de Belo Horizonte por consumo de drogas.
VÍDEO: MC Kevin em 10 hits
Vídeos: os mais vistos do Rio nos últimos 7 dias
Initial plugin text