Arrombamentos e furtos a escolas públicas preocupam pais e professores em Juiz de Fora


Polícia Militar registrou 14 ocorrências nos três primeiros meses de 2018.  Arrombamentos e furtos em escolas públicas preocupam alunos e professores em Juiz de Fora
O número de arrombamentos e furtos a escolas públicas em Juiz de Fora tem preocupado professores, pais e alunos. De acordo com a Polícia Militar (PM), nos três primeiros meses de 2018 foram registradas 14 ocorrências em instituições de ensino na cidade.
Em 2016, o número total de furtos e arrombamentos a escolas públicas em Juiz de Fora foi de 57. No ano passado, o número de registros subiu para 66.
A direção da Escola Municipal Maria José Vilela, no Centro, afirma que apenas neste ano a instituição foi invadida cinco vezes. A cada arrombamento, novas medidas são tomadas que não têm sido suficientes para evitar a ação dos criminosos.
De acordo com a Secretaria de Educação, desde o início do ano, o sistema de alarme instalado na Escola Municipal Maria José Vilela está apresentando defeito e que a empresa contratada já foi notificada. Além disso, medidas administrativas estão sendo tomadas para que a segurança no local seja reforçada.
A 4ª Região da PM informou que reforçou a patrulha de policiamento escolar nos serviços e vai fazer um curso para instruir os policiais. Segundo a PM, os registros de furtos às escolas diminuíram em relação ao mesmo período do ano passado.
Escola Municipal Maria José Villela, Centro, Juiz de Fora
Reprodução/TV Integração

Powered by WPeMatico