Aprenda a melhorar o desempenho de mídias externas no Windows 10


Configuração do sistema operacional prevê que o usuário irá remover mídias com rapidez, mas é possível determinar conexão para dispositivos externos de maneira individual. Desde a atualização do Windows 10 disponibilizada em outubro do ano passado, o sistema “privilegia” a remoção rápida dos dispositivos conectados à USB, o que é útil para os usuários que costumam apenas trocar arquivos durante alguns instantes e não querem perder tempo tendo que fazer a “remoção segura” da mídia, mas não faz mais a otimização dos dispositivos externos de forma automática.
A política atual é a de escrita rápida, prevendo que o usuário irá remover o dispositivo o quanto antes — às vezes sem desconectar o dispositivo com segurança.
Mas existem casos em que a troca de arquivos ocorre em dispositivos que ficam conectados por mais tempo, o volume de dados é maior, então é possível personalizar o funcionamento do Windows.
É possível estabelecer configurações individuais para dispositivos externos no Windows.
Divulgação/Microsoft
Isso significa que é possível configurar o sistema para que um HD externo, por exemplo, funcione de maneira diferente do que a de um pen drive.
A edição de arquivo armazenado externamente, envolve o processo do programa que está em execução, e para obter o melhor e segurança é recomendável alterar a política padrão. A percepção do ganho de desempenho pode variar de acordo com o tipo de mídia removível, velocidade da porta de conexão e o volume de dados.
Como funciona
A flexibilidade em alterar o funcionamento do mecanismo que gerencia a conectividade com dispositivos externos permite que cada um possa ter a sua própria configuração.
É necessário ativar a opção “melhor desempenho” para cada mídia removível que estiver conectada ao PC. Após conectar o dispositivo, siga os passos abaixo:
Abra a ferramenta “Gerenciamento de disco”;
Localize o dispositivo conectado e clique com o botão direito do mouse para acessar as suas propriedades;
Clique na guia “Políticas” e selecione a opção “Melhor desempenho”.
Ative a opção de cache de gravação no dispositivo;
Clique em “OK” para salvar as novas definições, mas vale salientar que elas são válidas apenas para o dispositivo selecionado. Não esqueça de sempre remover o dispositivo com segurança antes de desconectá-lo do PC.
Opção de “melhora de desempenho” permite mudar conexão para dispositivos específicos.
Reprodução
Pronto! O gerenciador do sistema está configurado para oferecer maior desempenho na leitura e escrita de arquivos armazenados externamente.
Selo Ronaldo Prass
Ilustração: G1