André Bedurê finaliza ‘Inquietudes crônicas’, álbum em que canta com Anelis Assumpção, Lô Borges e Zeca Baleiro


♪ Há 40 anos na cena musical brasileira, alternando-se nas funções de baixista, violonista, arranjador e produtor musical, o paulista André Bedurê também é cantor e compositor.
O artista já fez discos em duo, com destaque para Saudosismo (2009), álbum de intérprete dividido com Elaine Guimarães. Mas até então nunca tinha lançado álbum solo.
O primeiro, Inquietudes crônicas, tem repertório inteiramente autoral e edição prevista pela gravadora Dubas para o fim deste ano de 2021. Em fase final de produção, o álbum Inquietudes crônicas reúne por ora oito músicas, mas pode vir a ganhar uma faixa-bônus.
O primeiro single, Tremor essencial, entrou em rotação na sexta-feira, 3 de setembro, com capa que expõe Bedurê em desenho criado por Carol Shimeji a partir de foto tirada quando o artista tinha oito anos.
Capa do single ‘Tremor essencial’, de André Bedurê com Lô Borges
Arte de Carol Shimeji
O single Tremor essencial apresenta música de Bedurê, composta em parceria com Roberto Sampaio, irmão do compositor. Lô Borges é o convidado da gravação de Tremor essencial.
Além de Lô Borges, Anelis Assumpção e Zeca Baleiro também participam do álbum Inquietudes crônicas. Anelis pôs voz em Retrô, música de Bedurê em parceria com Lúcia Santos. Já Baleiro canta Na frente dessa mulher, outra parceria de Bedurê com o irmão Roberto Sampaio.
O repertório autoral do álbum Inquietudes crônicas também inclui músicas compostas por André Bedurê com Adolar Marin, Evandro Camperon e Kleber Albuquerque.