‘Amor com amor se paga’ estreia no Globoplay: relembre novela de 1984 com pão-duro de Ary Fontoura


História escrita por Ivani Ribeiro coloca protagonista em triângulo amoroso com Edson Celulari, que interpretava se filho, e Claudia Ohana. Ary Fontoura em ‘Amor com Amor se Paga’
Nelson Di Rago/Globo
A novela “Amor com amor se paga” estreia no Globoplay nesta segunda-feira (20). Exibida em 1984, a história escrita por Ivani Ribeiro era protagonizada por um triângulo amoroso formado pelo pão-duro Seu Nonô (Ary Fontoura), seu filho (Edson Celulari) e uma jovem interpretada por Claudia Ohana.
Para quem quer rever ou vai assistir pela primeira vez, o g1 relembra alguns dos principais momentos, além de curiosidades dos bastidores, com dados do Memória Globo.
Inspirado na peça “O Avarento”, de Molière, o protagonista coloca cadeados na geladeira e nos armários da despensa para evitar que os filhos comam mais do que ele considera necessário.
Dono de um conjunto de apartamentos, ele nunca se esquece de aumentar os aluguéis dos imóveis. Apesar de ser muito rico, Nonô esconde (literalmente) de todos sua preciosa fortuna.
“‘Amor com amor se paga’ foi uma novela marcante na minha vida. Parece que a novela foi feita hoje! Se tivesse que mudar meu nome Ary Fontoura, me chamaria Seu Nonô”, afirmou Fontoura em depoimento ao Memória Globo.
Ary Fontoura e Edson Celulari em ‘Amor com Amor se Paga’
Nelson Di Rago/Globo
“Vejam que força de texto e que poderio tem essa história. Foi o maior sucesso popular que eu já tive dentro da Rede Globo de Televisão e na minha vida televisiva, não houve igual.”
O pão-duro se apaixona então por uma jovem, que aceita se casar com ele por causa de uma dívida de seus pais. Ela, no entanto, ainda está apaixonada pelo filho do protagonista, com quem se envolveu no passado.
“Era uma delícia essa novela. Cláudia Ohana fazia par comigo; o Ary Fontoura, queridíssimo colega, fazendo brilhantemente o personagem baseado no Molière, o homem avarento, o homem que guardava joias, dinheiro”, disse Celulari.
“Era uma comédia das seis horas bem romântica. Era cômica, mas também tinha todo um conteúdo, por trás disso, de avareza, de uma pessoa com os seus valores e o filho mais moderno, não sabendo lidar com aquilo.”
Claudia Ohana em ‘Amor com Amor se Paga’
Nelson Di Rago/Globo
Curiosidades
‘Amor com amor se paga’ marcou a estreia da atriz Claudia Ohana na Globo;
parte da novela foi gravada em Teresópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro;
‘Amor com amor se paga’ era uma reedição atualizada da novela Camomila e Bem-Me-Quer, de autoria da própria Ivani Ribeiro, apresentada na TV Tupi entre outubro de 1972 e março de 1973;
a novela foi reapresentada entre 26 de outubro de 1987 e 1º de abril de 1988, no Vale a Pena Ver de Novo;
a história foi vendida para diversos países, como África do Sul, Bolívia, Canadá, Chile, China, Cuba, Emirados Árabes, Estados Unidos, Guatemala, Namíbia, Nicarágua, Nigéria, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Cingapura, Turquia e Venezuela.