Amapá criou 101 empregos formais e tem melhor fevereiro em 5 anos, aponta Caged


No mês passado, 1.696 trabalhadores foram contratados e outros 1.595 demitidos, informou o Ministério do Trabalho. Serviços e agropecuária foram setores que mais abriram vagas. Agropecuária foi um dos setores que mais empregou do que demitiu em fevereiro
John Pacheco/G1
O Amapá encerrou o mês de fevereiro com saldo positivo de 101 vagas de emprego formal, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na sexta-feira (23) pelo Ministério do Trabalho.
A pesquisa identificou que esse foi o melhor resultado para meses de fevereiro em cinco anos, ou seja, desde 2013.
O saldo positivo significa que as contratações superaram as demissões: no mês passado, foram registradas 1.696 contratações e 1.595 desligamentos. Em todo o país, foram 61,1 mil novos postos de trabalho.
Dos oito setores pesquisados pelo Caged, quatro tiveram alta: serviços, agropecuária, construção civil e serviços industriais de utilidade pública. Comércio, extrativa mineral e administração pública registraram queda de vagas, e o setor de indústria de transformação não registrou variação.
Serviços: +144
Agropecuária: +41
Construção Civil: +21
Serviços Industriais de Utilidade Pública: +21
Extrativa mineral: -9
Administração pública: -1
Comércio: -116
Indústria de Transformação: sem variação
Municípios
O Caged também divulgou o saldo de vagas nas três maiores cidades do Amapá, e somente Santana (-56) fechou com menos contratações que desligamentos. Macapá (+131) ganhou postos de trabalho e Laranjal do Jari não registrou variação.

Powered by WPeMatico