Agência de Mineração aponta problemas de estabilidade e interdita barragens

Inicialmente, ANM informou ter interditado 67 barragens, mas depois informou que revisaria número. Problemas apontados são falta de documentos ou conclusão de que falta estabilidade. A Agência Nacional de Mineração (ANM) informou nesta segunda-feira (1º) ter interditado uma série de barragens por problemas de estabilidade.
Inicialmente, a agência havia informado que 67 barragens haviam sido interditadas. Depois, o órgão informou que revisaria o número. Até a publicação desta reportagem, o número correto ainda não havia sido divulgado.
De acordo com a ANM, as barragens foram interditadas por falta de documentação ou porque as informações enviadas pelas empresas apontaram falta de estabilidade nos empreendimentos.
O envio anual da Declaração de Condição de Estabilidade está prevista em lei, mas, em fevereiro, a ANM deu 30 dias de prazo para as empresas enviarem a documentação sobre as barragens a montante.
A decisão foi tomada após uma barragem da mineradora Vale romper em Brumadinho (MG), levando uma enxurrada de lama à região.
De acordo com as autoridades, mais de 200 mortes foram confirmadas. Outras cerca de 100 pessoas ainda estão desaparecidas.
Barragens da Vale
Mais cedo, nesta segunda-feira, a Vale enviou um informe ao mercado financeiro no qual disse que 17 barragens da empresa não conseguiram a declaração de estabilidade.
Segundo a Vale, não foram obtidas declarações de estabilidade para as barragens:
Sul Superior, da mina de Gongo Soco;
B3/B4, da mina de Mar Azul;
Vargem Grande, do Complexo de Vargem Grande;
Forquilha I, Forquilha II, Forquilha III e Grupo, do complexo de Fábrica.
No comunicado ao mercado, a mineradora informou ainda que outras 10 estruturas, com estudos complementares e obras de reforço já em andamento, também não obtiveram as Declarações de Condição de Estabilidade:
Dique Auxiliar da Barragem 5, da Mina de Águas Claras;
Dique B e barragem Capitão do Mato, da mina de Capitão do Mato;
Barragem Maravilhas II, do complexo de Vargem Grande;
Dique Taquaras, da mina de Mar Azul;
Barragem Marés II, do complexo de Fábrica;
Barragem Campo Grande, da mina de Alegria;
Barragem Doutor, da mina de Timbopeba;
Dique 02 do sistema de barragens de Pontal, do complexo de Itabira;
Barragem VI, da mina do Córrego de Feijão.