Aérea nigeriana encomenda 10 jatos E195-E2 da Embraer


O valor da venda é de cerca de US$ 700 milhões, pelo custo de lista das aeronaves. Acordo prevê direito de compra de mais 20 aeronaves do mesmo modelo. Air Peace vai ser a primeira operadora africana do modelo E195-E2
Embraer/Divulgação
A Embraer recebeu uma encomenda de 10 jatos E195-E2 da Air Peace, companhia nigeriana. O pedido foi confirmado nesta quarta-feira (3) em um evento do setor aeronáutico nas Ilhas Maurício, na África. O valor da venda é de cerca de US$ 700 milhões.
O acordo prevê ainda o direito de compra de mais 20 aeronaves do mesmo modelo – o que agregaria, se todos os pedidos forem exercidos, mais US$ 1,4 bilhão ao valor do contrato.
Essa é a primeira vez que o modelo é vendido a uma companhia africana. O prazo para entrega não foi informado pela Embraer. O E190-E2 é produzido na sede da fabricante, em São José dos Campos (SP).
O pedido da Air Peace será incluído na carteira de pedidos firmes (backlog) da Embraer do segundo trimestre de 2019. A venda desses jatos ocorre durante o trâmite para a criação de uma nova empresa entre a fabricante brasileira e a Boeing no setor de aviação comercial.
O negócio inclui a produção dos jatos E195-E2 pela ‘NewCo’, como é chamada a joint venture por ora. A Embraer hoje é líder no mercado no segmento de aeronaves comerciais de até 150 lugares.
Pelo acordo, a Boeing deverá pagar US$ 4,2 bilhões por 80% da nova companhia. A Embraer ficará com os 20% restantes.
Acordo foi firmado com a companhia nigeriana em evento nas Ilhas Maurício
Embraer/Divulgação
E195-E2
A família de jatos E2 foi apresentada pela Embraer em 2016 e, o E195 está em campanha de testes para obter as certificações. Nenhum avião do modelo foi entregue a clientes ainda.
A Embraer fechou em dezembro um contrato para produzir 21 aeronaves dessas para a Azul.
Outro modelo da família E2, o E190-E2 começou a ser entregue há um ano. O primeiro avião foi entregue à aérea norueguesa Wideroe.