Acre registra mais de 1,1 mil focos de queimadas em 8 dias; estado lidera ranking com maior número no país


Dados do Inpe mostram que o Acre registrou 1.125 focos de queimadas entre 1º e 8 de setembro. No mês período de agosto número confirmado era de 698 em todo o estado, um aumento de 61%. Dados do Inpe mostram que Acre lidera ranking de focos de queimadas registrados entre 1º e 8 de setembro
Arquivo/CBM-AC
Entre os dias 1º e 8 de setembro, o Acre registrou 1.125 focos de queimadas. O número é o maior confirmado entre os todos os estados brasileiros no período avaliado. O dado é do Programa de Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgado nesta quinta-feira (9). Desse total registrado no estado acreano, 577 focos ocorreram apenas no último sábado (4).
Ao todo, entre janeiro e esta quarta-feira (8), o Acre tem um acumulado de 4.838 focos de queimadas. No mesmo período do ano passado o número era de 4.833 focos.
Leia Mais:
Mais de 76 mil hectares de terra foram queimados no Acre em dois meses, aponta relatório
Com órgãos ambientais enfraquecidos, Acre registra 2.140 focos de incêndios e pode alcançar maior nº dos últimos sete anos
Número de queimadas no Acre em agosto é o segundo maior para o mês em 11 anos
Com o número geral registrado este ano (4.838 focos), o estado acreano está entre os 10 do país com mais focos de queimadas em 2021. Mato Grosso lidera o ranking com 14.958 focos.
O levantamento mostra também um aumento de 61% entre 1º a 8 de agosto e o mesmo período de setembro. Em agosto foram registrados 698 focos de queimadas no estado acreano e setembro 1.125.
Municípios
O estudo mostra ainda as dez cidades brasileiras com mais focos acumulados entre 1º e 8 de setembro. Quatro dessas cidades são acreanas. São elas:
Feijó – 229
Sena Madureira – 150
Tarauacá – 117
Rio Branco – 115
Juntos, esses quatro municípios acreanos somam 1.042 focos de queimadas acumulados entre maio e setembro deste ano.
Mapa do Inpe mostra focos de queimadas registrados nas últimas 48 horas
Reprodução
Reveja os telejornais do Acre