Abate de bovinos cresce 6,99% em MS no primeiro quadrimestre: quase 80 mil cabeças a mais


Mesmo com incremento, o estado permaneceu como o segundo do ranking nacional de abates. MS abateu quase 80 mil bovinos a mais no primeiro quadrimestre de 2019, segundo dados do MAPA
Anderson Viegas/G1 MS
O abate de bovinos cresceu 6,99% em Mato Grosso do Sul no primeiro quadrimestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018, passando de 1.141.715 cabeças para 1.221.596, segundo dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).
Mesmo com 79.881 cabeças a mais abatidas na parcial deste ano frente a do ano passado, o estado permaneceu como o segundo do ranking nacional. Em primeiro permanece Mato Grosso, que registrou em janeiro e abril um acumulado de 1.529 cabeças abatidas, 9,26% a mais que no mesmo intervalo de tempo do ano passado.
No país, o abate de bovinos também cresceu, mas em um patamar pouco abaixo do registrado em Mato Grosso do Sul. O incremento foi de 6,65%, de 7.948.547 nos quatro meses iniciais de 2018 para 8.477.216 no mesmo espaço de 2019.
Os dados do MAPA destacam ainda que no estado, o maior número de animais abatidos continua a ser fêmeas. Nestes quatro meses deste ano foram 614.711, 50,32% do total, contra 606.885 de machos, 49,67%.