A misteriosa morte de bilionário chinês dono de gigante dos games


Lin Qi, de 39 anos, foi o fundador da empresa chinesa Yoozoo, desenvolvedora de jogos online como ‘Game of Thrones: Winter Is Coming’. O bilionário chinês Lin Qi, de 39 anos, morreu por evenenamento no dia de Natal, segundo a polícia de Xangai, na China.
Getty Images via BBC
O bilionário chinês Lin Qi, de 39 anos, morreu por evenenamento no dia de Natal, segundo a polícia de Xangai, na China.
Ele era presidente da empresa desenvolvedora de jogos Yoozoo, mais conhecida pelo jogo de estratégia “Game of Thrones: Winter Is Coming”.
O comunicado da polícia de Xangai apontou um dos colegas de Lin, identificado apenas pelo nome Xu, como o principal suspeito pelo crime.
Acredita-se que Lin tivesse um patrimônio líquido de cerca de 6,8 bilhões de yuans (mais de R$ 5,4 bilhões ), de acordo com a Hurun China Rich List.
Muitos funcionários e ex-funcionários se reuniram em frente ao escritório da Yoozoo na sexta-feira (25) para lamentar a morte de Lin Qi.
Quem foi Lin Qi?
O empresário era uma estrela do lucrativo mercado de games da China e também havia feito uma incursão na produção de filmes.
Ele fundou a Yoozoo em 2009 e liderou com sucesso a empresa por um período em que a indústria de jogos viu mudanças substanciais por causa dos dispositivos móveis.
A empresa emitiu um comunicado emocionado em seu microblog oficial na rede Weibo (serviço chinês de de microblogging).
“Adeus, jovem”, dizia, acrescentando: “Estaremos juntos, continuaremos a ser gentis, continuaremos a acreditar na bondade e continuaremos a lutar contra tudo o que é mau.”
A postagem atraiu milhares de comentários e foi vista mais de 290 milhões de vezes.
Muitos dos tributos incluíam caligrafia, pois Lin era um ávido calígrafo, além de ser um entusiasta da poesia.
Lin Qi foi envenenado?
Há poucos detalhes sobre o caso. A polícia acredita que Lin tenha sido envenenado.
Segundo um comunicado da Yoozoo, Lin havia se internado no hospital depois de passar mal, mas estava em uma condição estável. A situação piorou muito na sexta-feira (25), quando a empresa anunciou a morte de seu fundador.
De acordo com relatos da mídia local, a pessoa sob custódia pode ser Xu Yao, que chefia o braço de produção de filmes da Yoozoo.
Também houve especulação na mídia local de que Lin havia sido envenenado por meio de chá puer envelhecido, uma bebida chinesa fermentada.
Retrospectiva 2020: Os 10 grandes games de 2020
O que é a Yoozoo?
Além de seu jogo “Game of Thrones”, a Yoozoo também é coeditora do jogo de sucesso “Brawl Stars”, da Supercell, juntamente com a chinesa Tencent Holdings.
A empresa também é conhecida por deter os direitos de adaptação para o cinema do romance de ficção científica “O Problema dos Três Corpos”, de Liu Cixin.
No entanto, a expansão para o ramo do cinema não foi tão bem-sucedida quanto a empresa esperava e o projeto de adaptar o livro em seis filmes da Yoozoo Pictures nunca decolou.
Em setembro, ela concedeu à plataforma de streaming norte-americana Netflix o direito de adaptar o romance de ficção científica para a televisão.
O livro é a primeira parte da trilogia “A Lembrança do Passado da Terra”, aclamada pela crítica e que conta com o ex-presidente dos EUA Barack Obama e o chefe do Facebook, Mark Zuckerberg, entre seus fãs.
VÍDEOS: Semana Pop explica temas do entretenimento