A espécie rara de cervo-rato que foi ‘redescoberta’ depois de 30 anos no Vietnã

Espécie foi catalogada pela primeira vez no início do século 20 — e sua última aparição havia sido registrada em 1990

Espécie foi catalogada pela primeira vez no início do século 20 — e sua última aparição havia sido registrada em 1990
Global Wildlife Conservation

Uma pequena criatura, que parece uma mistura de veado e camundongo, foi observada na natureza pela primeira vez em 30 anos no Vietnã.

A imagem do chevrotain de dorso prateado, também conhecido como veado-rato ou cervo-rato, foi capturada por “armadilhas fotográficas”.

O animal parece um cervo, mas é do tamanho de um gato.

O exemplar da espécie Tragulus versicolor foi catalogado pela primeira vez no início do século 20 — e sua última aparição havia sido registrada em 1990.

Desde então, no entanto, o animal estava “desaparecido”.

“Não havia razão para pensar que estava extinto, mas, ao mesmo tempo, não sabíamos que não estava extinto”, explica An Nguyen, cientista de conservação da Global Wildlife Conservation (GWC) e aluno do Instituto Leibniz de Pesquisa em Zoológicos e Vida Selvagem.

Para resolver o mistério, os pesquisadores deixaram três armadilhas fotográficas (câmeras com sensor de movimento) em uma floresta no sul do Vietnã por cinco meses — e conseguiram tirar 275 fotos da espécie.

Incentivados pelas aparições do animal, os cientistas montaram outras 29 câmeras na mesma área e tiraram mais 1.881 fotografias.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, não está claro, no entanto, quantos animais diferentes as fotos mostram.

A redescoberta da espécie, publicada na revista científica Nature Ecology and Evolution, é considerada a primeira de um mamífero na lista das 25 espécies mais procuradas do planeta, elaborada pela GWC.