84% de professores vacinados contra Covid já tomaram a 2ª dose, em Fortaleza, diz Sarto


Meta do município é retomar aulas presenciais no ensino público no mês de setembro. Professores e demais trabalhadores da educação são vacinados desde maio em Fortaleza.
Helene Santos/Governo do Ceará
Cerca de 84,3% dos profissionais da educação de Fortaleza que tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 já receberam a segunda dose e, desta forma, estão completamente imunizados. A informação foi dada pelo prefeito José Sarto Nogueira (PDT), por meio de suas redes sociais.
Ao todo, foram aplicadas as primeiras doses (D1) em 51.551 trabalhadores da área da educação. Segundo o prefeito, em números absolutos, 43.479 deles estão com o ciclo vacinal completo. A meta da Secretaria Municipal da Educação (SME) é que as aulas presenciais do ensino público sejam retomadas em setembro no modelo híbrido.
Volta às aulas presenciais: como será o 2º semestre nas escolas de Fortaleza
Os dados do Vacinômetro do Governo do Estado, porém, apontam que a meta para trabalhadores da educação a serem imunizados em Fortaleza é de 60.437. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) argumenta que este número é uma previsão e se refere às doses distribuídas para a imunização deste público.
“Aproveito para fazer um alerta importante: com exceção de quem tomou dose única, as duas doses são fundamentais para garantir a eficácia dos imunobiológicos e reforçar a proteção individual e coletiva contra a Covid-19”, escreveu Sarto.
Há um mês, 0,3% estavam imunizados
Há um mês, apenas 0,3% dos trabalhadores da educação básica e superior receberam as duas doses (ou dose única) das vacinas contra a Covid-19 na capital. Os dados são do Vacinômetro, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Os números são fornecidos pelas próprias secretarias municipais da saúde e repassados diariamente à Sesa.
Os registros são dados agregados e coletados pela Secretaria estadual por meio de formulário eletrônico próprio.
A Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) estima que as aulas híbridas de instituições públicas das escolas estaduais devem ser retomadas em agosto; até o momento, as escolas estaduais podem resolver se retomam para atividades presenciais híbridas ou mantêm o ensino remoto.
A Secretaria Municipal da Educação (SME) de Fortaleza prevê que a educação infantil e o ensino fundamental públicos retomem atividades presenciais em setembro.
Sindicato cobrou antecipação da 2ª dose
Para o presidente do Sindicato dos Professores e Servidores da Educação e Cultura do Estado e Municípios do Ceará (Apeoc), Anízio Melo, havia uma discussão entre as entidades de classe e a Secretaria da Educação do Ceará para o retorno híbrido das atividades. Um dos cernes principais do debate seria a antecipação da segunda dose dos trabalhadores da área.
Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto