Till Lindemann, vocalista do Rammstein, lança clipe com cenas de sexo e versão explícita em site pornô


Versão completa do clipe de ‘Platz Ein’ pode ser vista no site Visit-X por 1,99 euros, cerca de R$ 9. Disco do artista alemão com Peter Tägtgren foi lançado em 2019. Till Lindemann em cena do clipe ‘Platz Eins’, do duo Lindemann
Reprodução/YouTube/Lindemann
Não é novidade que Till Lindemann é provocativo, mas o novo clipe do líder do Rammstein foi lançado até em site pornô.
A música “Platz Ein” faz parte do disco “F&M”, lançado no projeto com o sueco Peter Tägtgren em 2019.
No clipe que está no YouTube, Lindemann aparece em cenas de sexo com várias mulheres diferentes e há cenas censuradas
Já a versão completa e explícita do vídeo pode ser vista no Visit-X, basta que os visitantes se inscrevam no site pornô alemão por 1,99 euros, o equivalente a R$ 9.
As músicas “Steh auf” e “Knebel” também ganharam clipes esteticamente pesados, seguindo a linha de Lindemann, mas mais leves do que “Platz Ein”.
Aprovação do público
Mesmo com as cenas de violência contra mulheres, os fãs do artista alemão aprovaram a performance no vídeo.
Nas redes sociais é possível ver comentários como: “Não imaginava que 2020 começaria comigo assistindo à Till Lindemann fazer sexo, mas aqui estamos. Que década brilhante à nossa frente”, escreveu um internauta.
“Till Lindemann se você estiver lendo isso, estou pronto para ser fã da sua nova carreira de ator pornô. Boa sorte”, disse outro.

Please enter banners and links.

Jovens de vários estados encaram vida longe de casa por sonho de estudar na USP de São Carlos


Estudantes do Amazonas, Minas Gerais, Bahia e outras regiões se reuniram nesta terça-feira (18), primeiro dia de matrícula presencial. 1.010 calouros vão ingressar neste ano no município. Estudantes mudam de estado para estudar na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
Estudantes do Amazonas, Minas Gerais, Bahia e outras regiões do país se encontraram nesta terça-feira (18), em São Carlos (SP), para o primeiro passo na realização do sonho de estudar na Universidade de São Paulo (USP), superando os desafios de viver longe de casa.
Até a quarta-feira (19), a instituição faz as matrículas de 1.010 calouros de cinco unidades do município.
A universidade também tem a Semana de Recepção aos Calouros com oficinas, palestras, bate-papos e almoço com veteranos estão entre as atrações até sexta-feira (21). Veja aqui a programação.
2.454 quilômetros
O estudante Daniel Martins Arrais, de 18 anos, e a amiga Leticia Mendes Costa, de 17, saíram de Teresina (PI) e viajaram cerca de 2.454 quilômetros para começar uma das fases mais esperadas de suas vidas: cursar engenharia da computação.
Matrículas na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
Arrais e Letícia estudaram juntos no mesmo colégio em Teresina. “No meu caso foi mais por indicação de amigos, porque muitos amigos meus já vieram para cá e eu queria uma cidade tranquila, além de ser um polo de tecnologia”, contou Arrais ao G1.
O estudante contou que já escolheu uma república que fica próxima ao campus e se adaptou com o clima da cidade. Letícia preferiu um apartamento no mesmo quarteirão, onde uma amiga também do Piauí mora.
Agora, a estudante tenta equilibrar a empolgação com as novidades da vida acadêmica com a saudade da mãe.
“Eu já estou com saudades, mas a gente tenta resolver com celular, WhatsApp, ligação, a minha mãe manda mensagem toda hora e eu também tenho uma amiga próxima a mim que está morando no mesmo prédio que eu, então é mais tranquilo”, contou Letícia.
Estudantes mudam de estado para estudar na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
Apoio da família
O advogado Jorge Luiz Gioia e a professora Christina Gioia saíram de Manaus (AM) e viajaram quase 3 mil quilômetros para acompanhar o filho Christian durante a matrícula em ciência da computação. De avião, os três demoraram quase 14 horas contando a escala em Campinas.
“O Christian não nasceu em berço de ouro e quando você não nasce as coisas se tornam dez vezes mais difíceis. Foi um investimento, foi tudo parcelado, porque nós somos uma família de classe média, não é fácil, mas era importante vir os três para participar desse desenvolvimento, do ‘voo da águia’, como eu chamo”, disse o pai.
Depois de fazer a matrícula, o estudante fez um passeio guiados pelos veteranos para conhecer os outros alunos e as instalações do campus. Para o pai, a nova vida do filho é motivo de orgulho.
“Eu sempre procurei formar ele no sentido de desenvolvimento do raciocínio. Mas é claro que o Christian não é perfeito, ele tem suas qualidades, mas também tem defeitos e a gente corrige com o nosso amor”, disse.
Estudantes mudam de estado para estudar na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
Só volta na Páscoa
Por causa da fama de ser a melhor universidade do Brasil e estar entre as melhores da América Latina várias vezes, a estudante Letícia Hupsel, de 18 anos, se mudou de Salvador (BA) para São Carlos.
Caloura de química, ela veio com o namorado que passou em engenharia mecânica e só voltará para visitar os pais no feriado de Páscoa.
“Eu estou animada, porque sempre gostei de exatas, de química, física, sempre gostei de pesquisa e quero me aprofundar e também quero aproveitar o leque de possibilidades que a USP abre para a gente”, disse.
Estudantes mudam de estado para estudar na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
Já a estudante Ana Elisa Pereira, de 17 anos, fez sua matrícula em química, realizando o primeiro sonho profissional. Natural de Santa Rita do Sapucaí (MG), ela viajou mais de 300 km de carro com os pais para chegar a São Carlos.
Atraída pela grade curricular do curso, a estudante vai dividir apartamento com uma veterana.
“Eu já morei sozinha para fazer o ensino médio, então estou um pouco acostumada, mas espero que eu consiga excelência de ensino, quero fazer projetos de iniciação científica, quero ser uma futura pesquisadora, então vou batalhar para isso”, contou.
Estudantes mudam de estado para estudar na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
Moradora da cidade vizinha Araraquara, a estudante Ana Julia Gonzalez, de 17 anos, passou no vestibular em outras universidades, mas escolheu cursar Ciências Físicas e Biomoleculares na USP São Carlos.
A mãe Fabiola Gonzalez fez questão de acompanhar a matrícula nesta terça-feira (18). “Ela tem um amigo de Araraquara que já está no 3º ano na USP, então ele foi o guia e o anjo da guarda dela. No ano passado, ela foi aprovada, mas ainda estava no segundo ano. Ela é meu orgulho”, disse.
Os pais do estudante Pedro Teixeira, de 19 anos, também vieram de Jacareí a São Carlos para acompanhar o filho, que é calouro de engenharia de produção. Ano passado ele também passou em universidades federais, mas resolveu tentar de novo a USP.
“Estudei em escola pública a vida inteira, meu colégio era integral e depois eu chegava e estudava um pouco em casa. Ano passado eu não quis ir para outra universidade, aí fiz cursinho e passei aqui”, contou o estudante.
Estudantes mudam de estado para estudar na USP São Carlos
Gabrielle Chagas/G1
A USP de São Carlos tem 5 unidades: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU), Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), Instituto de Física de São Carlos (IFSC) e Instituto de Química de São Carlos (IQSC).
Disque-Trote
Na semana, a USP também promove o Disque-Trote, canal para o calouro denunciar agressões ou constrangimentos que ocorrerem no ambiente universitário.
O trote, proibido na USP desde 1999, pode ser comunicado pelo telefone 0800-012-1090 até o dia 6 de março, de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h. Também é possível fazer a denúncia por aplicativos nas plataformas Apple e Android.
Manual do Calouro
A USP também desenvolveu o Manual do Calouro, um portal que reúne as informações sobre os auxílios disponibilizados, como moradia, alimentação, transporte e livros, além de baixar diversos aplicativos desenvolvidos pela USP para facilitar a vida universitária.
Matrícula
A matrícula ocorrerá de forma unificada nos campi de São Paulo, Ribeirão Preto e São Carlos, o que significa que haverá um único local para a matrícula de todos os cursos nesses campi.
Em São Carlos, a matrícula será realizada no Anfiteatro de Convenções Jorge Caron. Em Pirassununga, a matrícula será no Anfiteatro do Prédio Central do campus Fernando Costa.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Please enter banners and links.